Páginas

quinta-feira, 17 de março de 2011

Lendas Quileutes

QUEM NÃO LEMBRA DESSA LENDA A BELA A PROCURAR VESTIGIO DE QUE ERA EDWARD DE VERDADE .   














 .




Os Quileudes exites.

 Oi pesoas estou aqui pra uma coisa sobre a tribo dos Quileudes sitada nos livros de Stephenie Mayer, bom na realidade facil de encontrar nao foi, mas encontrei e descobri muuuitttaa coisa. Vamos começar a tribo Quileute é mua tribo pequena de 750 pessoas, seus descendentes Quileutes vivem na Reserva Indígena Quileute depois da assinatuOi pessoal estou aqui pra uma coisa sobre a tribo dos Quileudes sitada nos livros de Stephenie Mayer, bom na realidade facil de encontrar nao foi, mas encontrei e descobri muuuitttaa coisa. Vamos começar a tribo Quileute é mua tribo pequena de 750 pessoas, seus descendentes Quileutes vivem na Reserva Indígena Quileute depois da assinatura doTratado do Rio Quinault de 1855, que um pouco mais tarde foi reautorizado como Tratado de Olímpia, em 1856. Ela fica numa parte a sudoeste do Condado de Clallam, em Washington, na foz do rio Quillayute, na costa do oceano Pacífico.

Eu descobri até o que a dentro da reserva, lá uma população principal se concentra na pequena comunidade de La Push ( a praia sitada nos livros de crepusculo). Digamos no total de 371 membros da população mora na reserva, que tem uma área de 4.061 quilômetros quadrados. Os quileute tem seu próprio governo no interior dos Estados Unidos que é um município constituído por um conselho tribal.

Por ser um povo originalmente espirituoso, eles acreditam que ao atingir a puberdade, os meninos da tribo poderiam sair em busca de seus poderes supernaturais( eu achei isso bem bizarro, mas.. tudo bem).

A sociedade Quileute foi gerada de “grupos de casas”. Cada casa tinha um chefe, os nobres e os plebeus. Desta forma, o parentesco e o sangue determinavam a estrutura do comando da tribo.
Os Quileutes atualmente possuem sua própria Constituição e Leis Municipais, reconhecidas pela Secretaria do Interior, os estabelecendo como unidade política auto-governante nos Estados Unidos.
As crianças da reserva são educadas na Escola Tribal Quileute, onde aprendem sobre todas as lendas e mitos de sua tribo, sua história, e também seu idioma de origem, ainda falado por seus anciãos. É uma língua complexa; uma das cinco línguas no mundo que não possuem sons nasais (sem m ou n), e uma das poucas que não é reconhecida para ser relacionada a qualquer outra. Os anciãos visaram a compilação de um dicionário e de textos instrucionais que são ensinados na escola.
Os contos dos Quileutes são passados no começo do mundo, quando animais eram como seres humanos. Eles podiam falar, remar canoas, e viver em grandes casas( digamos que para mim isso é realidade, ou seja, eu tenho um irmao). Em algumas tribos indígenas, seu personagem principal costuma ser um Corvo, em outras um Coiote, ou seja no livro Stephenie usa apenas o nome da tribo por que por no livro e nem no filme ha corvos e coites ha apenas uns lobos bem gatinhos (isso foi uma piada) chamada A Matilha.


ra doTratado do
Quileute é uma tribo nativa dos Estados Unidos da América localizada no leste do Estado de Washington. Atualmente, conta com uma população de aproximadamente 750 pessoas.
A tribo quileute vive na Reserva Indígena Quileute desde a assinatura do Tratado do Rio Quinault em 1855, que foi renomeado como Tratado de Olímpia em 1856. Situa-se numa parte a sudoeste do Condado de Clallam, em Washington, na foz do Rio Quillayute, na costa do Oceano Pacífico.
Dentro da reserva, a população principal se concentra na pequena comunidade de La Push. Segundo o censo nacional de 2000, um total de 371 membros da população reside na reserva, que tem uma área de 4.061 quilômetros quadrados. Os quileute têm seu próprio governo constituído por um conselho tribal.

Rio Quinault de 1855, que um pouco mais tarde foi reautorizado como Tratado de Olímpia, em 1856. Ela fica numa parte a sudo

5 Cenas que Não Podem Faltar no Filme ‘Eclipse’

1. O Flashback dos personagens
Em Eclipse, finalmente podemos ouvir as história de Jasper e Rosalie. As cicatrizes de Jasper são explicadas, e finalmente vemos o encontro com Alice pela primeira vez. O passado de Rosalie é um pouco mais dramático, com um sórdido noivo e todos os seus amigos a assassina-la. Ao manter estes capítulos no filme, iremos ter maravilhosas cenas históricas no filmes e até mesmo Rosalie irá ganhar alguns fãs. Além disso, a história de Jasper é essencial para Eclipse, pois explica sobre os recém-nascidos e a submissão dos vampiros mais velhos aos Volturi.
2. Capítulo 15: “Aposta”
Este capítulo tem tudo: Jacob beijando Bella contra vontade desta, Bella  batendo no Jacob e quase quebrando a mão, e Edward galantemente acelerando para defender a sua mulher. Aqui esperamos que Melissa Rosenberg escreva todo o capítulo para ao cinema — especialmente a fala de Edward: “E se a beijar de novo, eu vou quebrar o seu queixo por ela”. Não há dúvida sobre isso: a audiência do cinema irá desmaiar!

3. Capítulo 22: “Fogo e gelo”
Este é o capítulo preferido dos fãs, onde Edward e Jacob tem uma conversa de homem para homem e chegam a um acordo a respeito de Bella. Eles não são muito amigos, mas chegam quase lá e já não querem mais cortar a cabeça um do outro. Qualquer cena que permita Robert Pattinson falar sobre o ciúmes de Edward e seu amor por Bella levará multidões aos cinemas. Nós já podemos ouvir os suspiros de sua legião de fãs…

4. Bella aceita o pedido  de casamento
No capítulo 20, “Compromisso,” Bella finalmente concorda em casar com Edward depois de uma longa discussão sobre demandas, imortalidade e a perda da virtude deles. Fãs ficaram extasiados quando Bella finalmente responde às suas preces, e fica noiva de Edward.

5. A luta final com Victoria
Existe uma incrível revelação no final de Eclipse, onde aparece Victoria e seu exército de recém-nascidos lutando contra os lobisomens e os Cullens. Há muita ação, suspense, surpresas… tudo o que uma boa batalha precisa. É a melhor cena de ação em toda a saga Crepúsculo e dará aos rapazes uma razão para continuar assistindo. Vampiras sexy e um morto-vivo ou dois – o que mais eles poderiam querer?


Fogo e Gelo é meu capítulo favorito além de ser um dos mais importantes do livro, e com certeza é a cena que mais deve ser fiel ao livro e além de não poder sofrer grandes mudanças e edições para poder passar com bastante veracidade as emoções, que venha Eclipse!!
este do Condado de Clallam, em Washington, na foz do rio Quillayute, na costa do oceano Pacífico.

Eu descobri até o que a dentro da reserva, lá uma população principal se concentra na pequena comunidade de La Push ( a praia sitada nos livros de crepusculo). Digamos no total de 371 membros da população mora na reserva, que tem uma área de 4.061 quilômetros quadrados. Os quileute tem seu próprio governo no interior dos Estados Unidos que é um município constituído por um conselho tribal.

Por ser um povo originalmente espirituoso, eles acreditam que ao atingir a puberdade, os meninos da tribo poderiam sair em busca de seus poderes supernaturais( eu achei isso bem bizarro, mas.. tudo bem).

A sociedade Quileute foi gerada de “grupos de casas”. Cada casa tinha um chefe, os nobres e os plebeus. Desta forma, o parentesco e o sangue determinavam a estrutura do comando da tribo.
Os Quileutes atualmente possuem sua própria Constituição e Leis Municipais, reconhecidas pela Secretaria do Interior, os estabelecendo como unidade política auto-governante nos Estados Unidos.
As crianças da reserva são educadas na Escola Tribal Quileute, onde aprendem sobre todas as lendas e mitos de sua tribo, sua história, e também seu idioma de origem, ainda falado por seus anciãos. É uma língua complexa; uma das cinco línguas no mundo que não possuem sons nasais (sem m ou n), e uma das poucas que não é reconhecida para ser relacionada a qualquer outra. Os anciãos visaram a compilação de um dicionário e de textos instrucionais que são ensinados na escola.
Os contos dos Quileutes são passados no começo do mundo, quando animais eram como seres humanos. Eles podiam falar, remar canoas, e viver em grandes casas( digamos que para mim isso é realidade, ou seja, eu tenho um irmao). Em algumas tribos indígenas, seu personagem principal costuma ser um Corvo, em outras um Coiote, ou seja no livro Stephenie usa apenas o nome da tribo por que por no livro e nem no filme ha corvos e coites ha apenas uns lobos bem gatinhos (isso foi uma piada) chamada A Matilha


Um comentário: